Jornal Athos LogoJornal Athos

Escolas incentivam crianças a lerem sobre 'menino-sereia' e 'personalidades trans' nos EUA

Escolas incentivam crianças a lerem sobre 'menino-sereia' e 'personalidades trans' nos EUA

sábado, 09 de março de 2019

A Associação Nacional de Educação dos Estados Unidos (NEA) fez uma parceria com a principal organização LGBTQ do país para ensinar crianças sobre atração pelo mesmo sexo e disforia de gênero.
 
O dia 2 de março foi o programa anual "Read Across America Day" ("Dia de Ler em Toda a América") do NEA - um dia em que professores, escolas e bibliotecas organizam eventos destinados a incentivar as crianças à leitura.
 
Este ano, a NEA fez parceria com a 'Campanha de Direitos Humanos' (HRC), o maior grupo de lobby e defesa LGBTQ dos Estados Unidos, para expor crianças a uma série de livros com temas LGBTQ.
 
Um desses livros se chama “Julián is a Mermaid” (“Julián é uma sereia”) e conta a história de um menino que acredita ser uma sereia depois de usar pérolas, plantas de flores e uma cortina como saia.
 
O outro livro é “I Am Jazz” (“Eu Sou Jazz”), que é sobre Jazz Jennings — um garoto que decidiu se tornar garota e hoje tem sua vida registrada em um reality show na TV.
 
O Conselho de Pesquisa da Família condenou veementemente a iniciativa.
 
"Esse é exatamente o tipo de doutrinação ultrajante que fez com que milhões de pais tirassem seus filhos da escola e os transferissem para os campi cristãos — ou os ensinassem em casa”, alertou.
 
“Com sexo radical em cada esquina — incluindo alunos da primeira série — e agora esta perigosa desculpa para o 'momento da história', não é de admirar que o ensino doméstico nos EUA esteja no meio de sua maior adesão em 20 anos”, acrescentou a organização.
 
Com informações da CNN News
Veja Também