Jornal Athos LogoJornal Athos

Evangélica vence Masterchef

Evangélica vence Masterchef

quarta, 14 de dezembro de 2016

Esse prêmio é para Ele, é tudo para Ele", comemorou a chef Dayse Paparoto que venceu o “MasterChef: Profissionais” nesta terça-feira (13).

Aos gritos de “glória a Deus”, a evangélica dedicou a vitória ao Senhor, e ao ser questionada por Ana Paula Padrão sobre qual sonho gostaria de realizar, Dayse afirmou que pretende quitar o apartamento e se casar, mas já avisa: "Vai ter que ser crente para casar comigo".

Durante o reality Dayse foi superando vários outros chefs de cozinha, e chegou a final com Marcelo que não conseguia formar uma frase sem que nela fosse colocado um palavrão.

O público foi se afeiçoando por Dayse que de forma respeitosa e carismática aguentou humilhações como do chef Ivo que mandou ela varrer o chão da cozinha enquanto ele cozinhava.

Mas, no final os jurados avaliaram os 8 pratos de Dayse e Marcelo e o grande prêmio de R$170.000,00 ficou com a melhor.

 

Discurso na final do "MasterChef" revolta participantes e mãe de Marcelo

A vitória de Dayse Paparoto no primeiro "MasterChef: Profissionais" não foi aceita por alguns participantes e pela mãe do candidato derrotado, Marcelo Verde. Revoltada com o discurso feminista na final da competição, ela achou o resultado "ridículo" e disse que seu filho foi prejudicado.

"Uma palhaçada. 'Guerra dos Sexos' é o nome do programa. Virou guerra dos sexos agora. Meu filho foi muito prejudicado. Ridículo", desabafou a mãe de Marcelo antes de ser levada pela produção do programa.

Marcelo também foi rapidamente conduzido para fora do estúdio com os familiares e não concedeu entrevistas após o resultado final. Quando Ana Paula Padrão anunciou a vitória de Dayse, ele foi consolado pela mãe e os irmãos. Logo depois, subiu para o mezanino e foi abraçado pelos antigos concorrentes.

Quem também não gostou do discurso feminista foram Dário e Ivo, chamados de machistas pelo público nas redes sociais no decorrer da competição.

Veja Também